CSKA Moscow de 2004/2005 foi lendário

CSKA Moscow de 2004/2005 foi lendário

Vamos relembrar aquele clássico time do CSKA Moscow que chegou no seu ápice na temporada 2004/2005, levando um troféu europeu para a Mãe Rússia.

Quem chegou?

Aportaram em Moscou para aquela temporada nomes que entrariam para a história dos Krasno-sinie (vermelho e azul).

Vágner Love

Foto: Twitter/@europaleague

O jovem atacante brasileiro chegava do Palmeiras por uma quantia de 6.2 milhões de euros.

Dudu Cearense

Foto: reprodução.

Por 3.5 milhões de euros o volante Dudu Cearense também chegou para aquela temporada vindo do Kashiwa Reysol do Japão.

Milos Krasic

CSKA Moscow de 2004/2005 foi lendário
Foto: Mike Egerton – PA Images via Getty Images

O ponta direita sérvio aterrissou na Rússia oriundo do Vojvodina por uma quantia de 2.25 milhões de euros.

CSKA Moscow de 2004/2005 foi lendário

Campeonato Russo

Para que não haja confusão, naquela época o campeonato russo era disputado em um ano inteiro, diferente de tempos atuais em que a temporada é quebrada entre dois anos.

No ano de 2004, o CSKA ficou com o vice. Já no ano seguinte a equipe foi campeã com 6 pontos de vantagem para o segundo colocado Spartak Moscow.

Ivica Olic com 10 gols e Vágner Love com 7 foram os artilheiros dos militares naquela conquista.

CSKA Moscow de 2004/2005 foi lendário

Copa da Rússia

Depois de varrer o Sokol Saratov na estreia, os Koni (cavalos) encararam um clássico moscovita nas oitavas contra o FC Moscow, porém não houve muita dificuldade: 3×1 na ida e na volta com Olic e o brasileiro Daniel Carvalho brilhando.

Nas quartas, depois de um empate sem gols na ida, a equipe comandada pelo lendário Valeri Gazzaev bateu o FK Saturn no Estádio Luzhniki de forma (bem) dramática, pois saíram perdendo e foram buscar a virada com o segundo gol marcado nos acréscimos do segundo tempo através de Aldonin.

Passado o susto, o próximo desafio seria o clássico nacional contra o Zenit nas semifinais e a vitória de 2×0 em Moscou na ida, com gols de Aldonin e Daniel Carvalho, foi o suficiente para que pudessem avançar à final, mesmo com a derrota de 1×0 na volta em São Petersburgo.

Na final, disputada em jogo único na RZD Arena, estádio do Lokomotiv Moscow, o gol solitário de Yuri Zhirkov foi o suficiente para o CSKA bater o FK Khimki e se sagrar campeão da Copa da Rússia de 2004/2005.

CSKA Moscow de 2004/2005 foi lendário

Copa da UEFA

O CSKA caiu na Copa da UEFA daquele ano proveniente da Champions League, pois ficou em terceiro em um grupo onde Chelsea e Porto seguiram adiante. O Paris Saint Germain terminou em último.

E de cara pegaram um gigante europeu: o Benfica, que tinha jogadores do calibre de Simão Sabrosa e Nuno Gomes, o que não foi problema, pois um 2×0, com gols de Vasili Berezutski e Love, abriu bem o caminho para seguir em frente, após o 1×1 em Lisboa na volta, com Ignashevich anotando o dos russos.

Nas oitavas, o desafio era o Partizan e os resultados da fase anterior se repetiram: 1×1 na Sérvia com Aldonin deixando o dele e um 2×0 na volta com os brasileiros Daniel Carvalho e Vágner Love dando o tom, ou melhor, os gols.

As quartas, frente ao francês Auxerre, foram definidas logo na ida em Moscou, com Odiah, Ignashevich, Love e Gusev anotando no passeio de 4×0, que fez com que a derrota de 2×0 na volta na França não fizesse diferença.

O último obstáculo entre os russos e a final era o Parma, que fez jogo duro na ida na Itália, com um 0x0, vantagem para os militares que liquidaram a fatura no jogo da volta, com uma atuação de gala de Daniel Carvalho anotando 2 e ainda dando assistência para o gol de Vasili Berezutski. Final de jogo: 3×0 e CSKA na final.

A finalíssima disputada em 18 de maio de 2005 era em jogo único, com final pré-determinada e calhou de o time da casa chegar na final. No caso, estamos falando do Sporting Lisboa.

O CKSA enfrentava o segundo time lisboeta na sua campanha e em pleno Estádio José Alvalade, casa dos leões, que tinham jogadores como Liédson, Fábio Rochemback e João Moutinho.

O conto de fadas português parecia ser real quando o brasileiro Rogério marcou um lindo gol de fora da área no ângulo do goleiro Akinfeev aos 29 da primeira etapa.

E a agonia durou até os 11 do segundo tempo, quando Aleksei Berezutski escorou uma falta lateral e empatou para os russos, que iriam explodir 9 minutos depois com uma linda jogada de Daniel Carvalho dando uma assistência para Zhirkov virar o jogo e deixar o troféu europeu mais perto da Mãe Rússia.

E quando se achava que os portugueses viriam com tudo para o empate foi o CSKA que marcou de novo através de um contra-ataque puxado por Daniel Carvalho, que deu mais uma assistência para Vágner Love fazer o 3×1 e dar o primeiro título europeu da história do CSKA Moscow. Aliás, também foi o primeiro troféu continental de primeira grandeza para a Rússia.

Time do CSKA que entrou em campo na final da Copa da UEFA de 2004/2005.
Arte: Wikipédia

Gostou do material? Compartilhe com seus amigos.

Equipe FCA

Instagram: @FutebolComAmorbr

Twitter: @FutebolComAmor

Facebook: FutebolComAmor

Contato Comercial: contatofcamor@gmail.com

www.futebolcomamor.com.br

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *