Perfil FCA: Euzebiusz Smolarek

Perfil FCA: Euzebiusz Smolarek

Em tempos em que Robert Lewandowski, com toda a justiça, catalisa todas as atenções do mundo para o futebol polonês, vamos voltar um pouco no tempo e relembrar um outro grande talento produzido no país de Frédéric Chopin.

Euzebiusz Smolarek nasceu em Łódź na Polônia Central em 1981 e deu seus primeiros passos no futebol na Holanda, país onde cresceu por causa do seu pai.

Włodzimierz e Ebi Smolarek
Włodzimierz e Ebi Smolarek.
Foto: tssokol.pl

Włodzimierz Smolarek, que fez parte da histórica seleção polonesa terceira colocada na Copa de 82, foi jogar no Feyenoord quando Ebi tinha sete anos de idade.

Włodzimierz Smolarek
Włodzimierz Smolarek (1957 – 2012).
Foto: Reprodução

Lá, o jovem iniciou no VV Spirit e logo se juntou às categorias de base do gigante de Roterdã onde seu pai atuou, passando por todas as camadas jovens até ascender ao profissional na temporada 1999/2000.

Foram cinco anos de Feyenoord, onde o ponta/segundo atacante somou 68 partidas e 12 gols. Ele também se sagrou campeão europeu com a equipe holandesa ao levantar a Copa da UEFA de 2002.

Aliás, nós já falamos sobre esse título histórico do Feyenoord. Que tal abrir em uma nova aba para você ler depois?

Nesse mesmo ano, Smolarek também teve a sua primeira convocação para a seleção polonesa, mas acredite, 2002 não foi tão bom quanto possa aparentar.

Um exame antidoping acusou que o atleta havia consumido maconha, o que o fez ser suspenso por algumas partidas. Por mais que a quantidade fosse pequena e que claramente não havia sido fumada foi o suficiente para fazê-lo perder a final da Copa da UEFA e, de quebra, a sua vaga na seleção polonesa para a Copa do Mundo da Coréia e do Japão.

Passados os problemas, Ebi rumou para a Alemanha, onde viveu a melhor fase da sua carreira no Borussia Dortmund, anotando 21 gols nas 85 partidas que vestiu a camisa do time da muralha amarela.

Euzebiusz Smolarek sendo apresentado no Borussia Dortmund.
Foto: schwatzgelb.de

Já figura constante na seleção, ele foi convocado para disputar a Copa do Mundo de 2006 na Alemanha, quando vivia seu auge, porém mesmo em um grupo acessível que contava com a favorita Alemanha, Equador e Costa Rica, Ebi viu seu país parar na primeira fase.

Euzebiusz Smolarek
Euzebiusz Smolarek divide a bola com Philipp Lahm na Copa de 2006.
Foto: Getty images

Em 2007, aos 26 anos, Smolarek teve a sua maior transferência em termos de valores da sua carreira, quando Racing Santander pagou cerca de 4.8 milhões de euros ao Borussia para levá-lo para a Espanha.

Euzebiusz Smolarek  chegou com moral ao Racing Santander
Smolarek chegou com moral ao Racing Santander.
Fonte: realracingclub.es

Por mais que não estivesse em um grande clube, Ebi conseguiu ajudar o Racing a fazer uma ótima temporada, terminando na sexta colocação de La Liga, se classificando para a Copa da UEFA do ano seguinte, além de chegar às semifinais da Copa do Rei.

Smolarek atuou por 40 partidas com a camisa do Racing Santander.
Foto: racinguismo.com

Ao final da temporada 2007/2008 veio a Euro disputada na Áustria e na Suíça, onde Smolarek era peça chave na seleção polonesa. Para se ter ideia de como estava voando, ele havia sido o artilheiro das eliminatórias, com nove gols, ficando à frente de nada menos do que Cristiano Ronaldo.

VOCÊ JÁ VIU O BATE-PAPO COM THOMAS RAVELLI NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE?

Não é à toa que a Polônia terminou em primeiro no seu grupo, empurrando Portugal para a repescagem, só que na Euro a seleção não conseguiu manter o pique da remada, sendo eliminada na primeira fase.

Smolarek durante a Euro 2008.
Foto: Getty Images

Voltando ao futebol de clubes, apesar da boa fase no primeiro ano de Espanha, na temporada 2008/2009 Smolarek foi emprestado para o Bolton, que na época estava na Premier League.

Gostando da história? Nós também temos outro post sobre futebol polonês!

Foram apenas 13 jogos disputados e 1 golzinho na sua passagem de uma temporada pela Inglaterra e, depois disso, pode-se dizer que a sua carreira foi ladeira abaixo, já que ele começou a rodar muito e disputou poucos jogos.

Smolarek não vingou no Bolton.
Foto: Getty Images

Depois de atuar no Kavala da Grécia, Ebi pôde pela primeira vez saber o que era jogar no seu país, quando assinou com o Polônia Varsóvia, onde entrou em campo 23 vezes e anotou 7 gols, na temporada 2010/2011.

Ebi com seu pai Włodzimierz na sua apresentação no Polônia Varsóvia.
Foto: reprodução

Depois de uma aventura no Al-Khor do Catar, ele retornou à Holanda em janeiro de 2012 para jogar no ADO Den Haag e teve que lidar com a perda do seu pai em março.

Ebi no velório do seu pai Włodzimierz que foi sepultado com uma bola que sempre tratou tão bem.
Foto: Tomasz Radzik/SE / Fakt_redakcja_zrodlo

Smolarek encerrou sua carreira em outro time do seu país natal, o Jagiellonia Białystok, em 2013.

Smolarek encerrou sua carreira no Jagiellonia Białystok.
Foto: Artur Reszko /PAP

Fatos sobre Euzebiusz Smolarek

Recebeu o nome de Euzebiusz em homenagem ao lendário jogador português Eusébio.

Defendeu a seleção da Polônia de 2002 a 2010, anotando 19 gols em 47 partidas.

Foi eleito por três vezes consecutivas o jogador polonês da temporada nos anos de 2005, 2006 e 2007.

Gostou do material?  Compartilhe com seus amigos.

Equipe FCA

Instagram: @FutebolComAmorbr

Twitter: @FutebolComAmor

Facebook: FutebolComAmor

www.futebolcomamor.com.br

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *