Craques na Europa que não foram à Copa do Mundo – 3

Craques na Europa que não foram à Copa do Mundo – 3

Vamos para a terceira parte da nossa série. Se você perdeu as duas primeiras, basta clicar abaixo.

PARTE 1

PARTE 2

Jardel – 10 convocações

Foto: Reprodução

Jardel teve grande sucesso em Portugal, período quando foi duas vezes chuteira de ouro da UEFA de maior artilheiro da Europa nos anos de 99 e 2002.

Lá, o brasileiro faturou um tri seguido do campeonato português e duas Copas de Portugal, com o Porto, e outra liga portuguesa e Copa nacional com o Sporting Lisboa.

Jardel ainda seria campeão com o Galatasaray na Turquia, onde ergueu os títulos do campeonato turco e da Copa nacional. No Chipre, o atleta ergueu o troféu da Copa do país pelo Anorthosis.

Famoso pelo seus gols de cabeça, Jardel teve 10 convocações para a seleção brasileira e chegou a disputar a Copa América de 2001, porém nunca atuou em um mundial.

Craques na Europa que não foram à Copa do Mundo – 3

Aílton – 0 convocações

Craques na Europa que não foram à Copa do Mundo 3
Foto: arquivo pessoal

Aílton teve grande sucesso na Alemanha, principalmente, com a camisa do Werder Bremen, onde figura como o maior artilheiro do clube do norte germânico, com 106 gols.

Além disso, o popular “Queixada” foi duas vezes campeão da Copa da Alemanha e uma da Bundesliga com os verdes, inclusive faturando a dobradinha e sendo o artilheiro do campeonato alemão na temporada 2003/2004.

Aílton ainda seria campeão da extinta Copa Intertoto com o Schalke 04 e da Liga da Sérvia com o Estrela Vermelha de Belgrado. Quando o assunto é seleção brasileira, o paraibano nunca chegou a ser convocado.

VOCÊ JÁ VIU A NOSSA SÉRIE DE PASSAGENS POUCO LEMBRADAS DE BRASILEIROS NA EUROPA?

Craques na Europa que não foram à Copa do Mundo – 3

Diego Ribas – 37 convocações

Foto: Reprodução

Diego teve uma passagem de sucesso pelo velho continente, sendo campeão em quatro países diferentes.

Em Portugal, papou o campeonato português e a Copa Nacional com o Porto. Em terras germânicas foi campeão da Copa da Liga e da Copa da Alemanha com o Werder Bremen. Por lá também foi eleito o melhor jogador da Bundesliga da temporada 2006/2007.

Com o Atlético de Madrid, faturou uma La Liga e uma Liga Europa e seu último troféu no continente foi a Supercopa da Turquia, quando defendeu o Fenerbahçe.

Com a seleção teve 37 convocações, sendo bicampeão da Copa América em 2004 e 2007, além de ser medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008. Todavia, nunca teve a chance de figurar em uma Copa do Mundo.

Craques na Europa que não foram à Copa do Mundo – 3

Jonas – 12 convocações

Foto: Lucas Figueiredo/MoWA Press

Jonas virou uma verdadeira lenda no Benfica, onde figura como o segundo maior artilheiro da história do clube ,com 137 gols marcados. E tem mais: o brasileiro é o terceiro maior goleador do campeonato português, com 110 tentos na competição.

Em matéria de títulos, “Mestre Jonas” também se saiu bem, pois foram quatro campeonatos portugueses, duas Copas da Liga, além de uma Copa e Supercopa de Portugal.

O brasileiro também atuou no Valencia da Espanha, onde ganhou apenas títulos de pré-temporada. Pela seleção brasileira foi convocado em 12 ocasiões.

Craques na Europa que não foram à Copa do Mundo – 3

Alex – 17 convocações

Foto: EMPICS Sport

Alex pode não ter sido um craque na acepção da palavra, até por ser um zagueiro, porém isso não o impediu de ter uma carreira sólida e vitoriosa em grandes clubes do futebol europeu.

Com o PSV conquistou a dobradinha quando faturou Campeonato holandês e Copa da Holanda na temporada 2004/2005, além de chegar às semifinais da UEFA Champions League daquele ano.

Depois de um tricampeonato holandês seguido e uma Copa da Holanda no bolso, Alex rumou à Inglaterra para jogar no Chelsea, onde foi campeão da UEFA Champions League e Premier League, além de também erguer duas FA Cups e uma Supercopa Inglesa.

Na França, o brasileiro também colecionou canecos com o Paris Saint Germain, faturando dois campeonatos franceses, uma Copa da Liga e uma Supercopa nacional.

Na seleção brasileira, Alex fez parte do grupo campeão da Copa América de 2007. Ele chegou a ser incluído nos pré-convocados para a Copa de 2010, mas acabou ficando de fora da lista final.

Gostou do material?  Compartilhe com seus amigos.

Equipe FCA

Instagram: @FutebolComAmorbr

Twitter: @FutebolComAmor

Facebook: FutebolComAmor

www.futebolcomamor.com.br

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *