Passagens pouco lembradas de brasileiros na Europa – Parte 4

Passagens pouco lembradas de brasileiros na Europa – Parte 4

Thiago Neves – Hamburgo

Passagens pouco lembradas de brasileiros na Europa - Parte 5
Foto: hsv.de

Depois de ótimas apresentações no Fluminense, Thiago Neves foi vendido para o Hamburgo da Alemanha na temporada 2008/2009 por uma quantia considerável: 9 milhões de euros.

Porém o meia não foi nem sombra do jogador que foi no Fluminense, atuando em apenas nove partidas pelos Rothosen, sendo vendido ao mundo árabe seis meses depois sem ter marcado nenhum golzinho.

Perdeu as outras partes? É só clicar abaixo.

Passagens pouco lembradas de brasileiros na Europa – Parte 4

Cássio – PSV e Sparta Rotterdam

Foto: Getty Images / Arte: FCA.

Muitas pessoas sabem da passagem de três anos do goleiro Cássio pelo PSV, só que poucos lembram que ele atuou em mais partidas pelo Sparta Rotterdam.

Cássio chegou ao PSV aos 20 anos vindo do Grêmio e nunca foi titular, somando apenas 5 partidas pelo time de Eindhoven. Mas na temporada 2009 ele foi emprestado para o Sparta Rotterdam, onde atuou por 14 partidas.

Ele esteve na Holanda de 2008 a 2011 e, devido às poucas oportunidades, acabou rescindindo com o PSV para assinar com o Corinthians.

Você já viu o bate-papo com Thomas Ravelli no nosso canal do Youtube?

Passagens pouco lembradas de brasileiros na Europa – Parte 4

Réver – Wolfsburg

Passagens pouco lembradas de brasileiros na Europa - Parte 5
Foto: waz-online.de

Zagueiro campeão da Copa do Brasil em 2005 com o Paulista de Jundiaí, Réver teve ótimas atuações pelo Grêmio, que chamaram a atenção do Wolfsburg.

Em 2010, Réver assinou um contrato de cinco anos com os lobos, mas disputou apenas uma partida naquela temporada e acabou negociado com o Atlético Mineiro.

Passagens pouco lembradas de brasileiros na Europa – Parte 4

Alex Silva – Rennes e Hamburgo

Foto: sportal.de

Alex Silva teve duas passagens pelo futebol do velho continente: a primeiro foi aos 20 anos, em 2005, quando ainda era jogador do Vitória e foi emprestado ao Rennes, onde não computou nenhuma partida pelo clube francês.

Em 2008, já consagrado como bicampeão brasileiro seguido com o São Paulo, o “Pirulito” foi vendido ao Hamburgo por cerca de 13 milhões de euros.

Ele ficou no clube alemão até 2010, quando foi emprestado ao São Paulo, mas não foi reaproveitado sendo vendido ao Flamengo.

VOCÊ JÁ VIU NOSSA SÉRIE SOBRE BRASILEIROS QUE BRILHARAM NA EUROPA, MAS NUNCA FORAM À COPA?

André Lima –

Germinal Beerschot e Hertha Berlin

Passagens pouco lembradas de brasileiros na Europa - Parte 5
Foto: http://globoesporte.globo.com/

André Lima jogou e marcou gols com camisas pesadas do futebol brasileiro como Botafogo, Grêmio, Fluminense, São Paulo e Athletico Paranaense, porém suas passagens na Europa não seguiram a mesma toada.

Depois de se profissionalizar no Vasco da Gama, André Lima foi jogar na Bélgica, no Germinal Beerschot, em 2004 aos 19 anos, onde computou apenas cinco jogos e um gol.

Sua segunda passagem pela Europa foi em 2007, após ótimas apresentações e gols com a camisa do Botafogo. O destino era o Hertha Berlin.

Ele só atuou por uma temporada pela Die Alte Dame, somando apenas dois gols em 16 jogos.

Gostou do material?  Compartilhe com seus amigos.

Equipe FCA

Instagram: @FutebolComAmorbr

Twitter: @FutebolComAmor

Facebook: FutebolComAmor

www.futebolcomamor.com.br

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *