Capitais do futebol: Cidade do México

Capitais do futebol: Cidade do México

Essa semana vamos até a América do Norte, mais precisamente para a cidade mais importante do México, que domina o futebol no continente, para falar sobre os clubes que despertam a paixão dos torcedores.

Com uma população de mais de 20 milhões de habitantes, a Cidade do México é a mais populosa do país, além de ter a maior aglomeração urbana do continente americano.

A localidade foi fundada por volta século XIV, quando ainda era capital do Império Azteca, sendo chamada de Tenochtitlán.

Capitais do futebol: Cidade do México
As ruínas de Teotihuacán são o sítio arqueológico mais visitado de todo o México.
Foto: Reprodução

Capitais do futebol: Cidade do México

Pumas

Capitais do futebol: Cidade do México

Dificilmente, alguém se refere ao Pumas pelo seu nome oficial ou pela sigla do seu nome.

O Club Universidad Nacional, A.C ou Pumas UNAM, aqui no Brasil simplesmente Pumas, foi fundado em 2 de agosto de 1954 e, desde então, colecionou troféus de primeira grandeza no futebol mexicano.

Antes disso a instituição era um clube amador formado por estudantes da Universidad Nacional Autónoma de México até a adoção, em 1954, como o clube oficial da Universidade.

Los del Pedregal já levantaram sete campeonatos mexicanos e uma Copa do México, conhecidos comercialmente como Liga MX e Copa MX, respectivamente.

Pumas campeão mexicano de 2011. 
Foto: Mexsport
Pumas: campeão mexicano de 2011.
Foto: Mexsport

Internacionalmente, a equipe que tem como casa o Estádio Olímpico Universitário, já se sagrou tricampeã continental, levando a Liga dos Campeões da CONCACAF em 80, 82 e 89.

Capitais do futebol: Cidade do México
Estádio Olímpico Universitário.
Foto: Twitter

Em uma época onde os times mexicanos jogavam as competições da CONMEBOL, os Pumas bateram na trave na Copa Sul-Americana de 2005, quando perderam a final nos penaltys para o Boca Juniors.

A ligação do puma como o símbolo do clube veio do treinador de futebol americano Roberto “Tapatío” Méndez, que defendeu a ideia de que o felino reunia todas as qualidades que ele esperava de um jogador: força, agressividade, valentia, rapidez e inteligência.

Capitais do futebol: Cidade do México

Cruz Azul

O Club Deportivo Social y Cultural Cruz Azul Asociación S.A. de C.V., mais conhecido por nós como apenas Cruz Azul, nasceu em 22 de maio de 1927 em Jasso no estado de Hidalgo e se mudou para a capital em 1971.

O clube foi fundado por trabalhadores da empresa de cimento Compañía Cementos Cruz Azul, que é a dona da equipe até hoje. Inclusive, seu escudo leva o mesmo logo da empresa.

Foto: Mercadolibre

La Máquina Cementera, que atualmente manda seus jogos no Estádio Azteca, é um dos clubes mais vencedores da história do país, tendo levantado uma Supercopa Nacional e oito títulos do campeonato mexicano, além de ser tetracampeão da Copa do México.

Internacionalmente, é o segundo maior vencedor da Liga dos Campeões da CONCACAF, tendo erguido a glória continental em seis ocasiões, com direito a um tricampeonato seguido em 69, 70 e 71. Os outros títulos vieram com um bi em 96 e 97 e com a última conquista de 2014.

Cruz Azul1: campeão da Liga dos Campeões da CONCACAF de 2014.
Foto: Goal.com

Assim como o Pumas, o Cruz Azul chegou perto de um título Sul-Americano ao também ser batido pelo Boca Juniors nos penaltys na final da Libertadores de 2001.

Capitais do futebol: Cidade do México

Club América

Capitais do futebol: Cidade do México

Comumente chamado aqui no Brasil de América do México, o Club de Fútbol América S.A. de C.V não é apenas o maior vencedor da capital como de toda a América do Norte e Central. Las Águilas detém os recordes de maior campeão mexicano e da Liga dos Campeões da CONCACAF.

São treze títulos do campeonato mexicano, sete da Copa do México e sete da Liga dos Campeões da CONCACAF.

América: campeão da Liga dos Campeões da CONCACAF de 2015.
Foto: AFP

O clube surgiu da fusão de Record e Colón em 1916 e dentre vários nomes sugeridos foi escolhida a sugestão do jogador do time Pedro “Cheto” Quintanilla, que defendeu o nome América porque a equipe fora formada no dia do descobrimento do continente.

Capitais do futebol: Cidade do México
Estádio Azteca.
Foto: Getty Images

Desde os anos 20 do século passado o Azulcrema da capital, que joga no mítico Estádio Azteca, ostenta um mapa das Américas no seu escudo com as letras C e A.

Essa matéria foi produzida em 12/10/20 e é natural que desatualize em questão de número de títulos com o passar do tempo.

Gostou do material?  Compartilhe com seus amigos.

Equipe FCA

Instagram: @FutebolComAmorbr

Twitter: @FutebolComAmor

Facebook: FutebolComAmor

www.futebolcomamor.com.br

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *