Manchester United 100: Como foi o centenário dos Red Devils?

Manchester United 100: Como foi o centenário dos Red Devils?

O Manchester United é um caso curioso quando o assunto é o centenário, pois o clube tem oficialmente duas datas de fundação.

A primeira foi em 1878, ainda sob o nome de Newton Heath LYR F.C, porém devido a problemas financeiros, o clube foi salvo pelo empresário local John Henry Davies, que comprou o clube e fez algumas mudanças.

Em 1902 nascia o Manchester United Football Club, que além do nome também mudou o seu fardamento verde e dourado para camisas vermelhas e calções brancos.

Por isso, vamos falar do centenário do clube já com o nome atual, que foi comemorado na temporada 2001/2002.

Manchester United 100: Como foi o centenário dos Red Devils?

Como chegou?

Os Red Devils vinham de uma temporada de vitória na Premier League, onde foram campeões com dez pontos a frente do Arsenal.

Nas Copas nacionais, foram eliminados na 4ª eliminatória da F.A. Cup e nas oitavas da Copa da Liga, além de terem perdido a Supercopa Inglesa.

Na Europa, pararam nas quartas de final da Champions League com duas derrotas para o Bayern de Munique.

United vinha de título da Premier League.
Foto: Reprodução

Quem chegou?

O United abriu os cofres para o “segundo centenário”. As contratações mais significativas foram: Verón, vindo da Lazio por 42.6 milhões de euros, Ruud van Nistelrooy do PSV, por 28.5M e Diego Forlán proveniente do Independiente por 11M.

Ainda vale destaque para a chegada de Laurent Blanc, vindo da Inter de Milão a custo zero.

Contratações de maior destaque do United para o ano de centenário.

Manchester United 100: Como foi o centenário dos Red Devils?

O manto

A curiosidade é que as camisas brancas e douradas lançadas pelo United, foram vendidas como uma só, já que ela era reversível, ou seja, bastava virar do avesso para ter outra camisa. Os fardamentos oficiais de jogo não tinham essa característica.

United 100: Como foi o centenário dos Red Devils
United 100: Como foi o centenário dos Red Devils
Foto: Bruce Adams/Daily Mail/Shutterstock

O time

Manchester United 100: como foi o centenário dos Red Devils
Da esquerda para a direita: Em pé: Nistelrooy, Blanc, Irwin, Johnsen, Giggs e Keane. Agachados: Scholes, Barthez, G. Neville, Beckham e Verón.

Treinador: Sir Alex Ferguson

Sir Alex Ferguson

United 100: Supercopa e Copas nacionais.

A temporada não começou como os vermelhos de Manchester gostariam, já que perderam a Supercopa para o Liverpool.

Na Copa da Liga Inglesa, uma eliminação dolorosa para o Arsenal de 4×0 também era algo que não estava nos planos.

Na F.A. Cup, mais uma eliminação precoce e agora para um rival mais fraco, revés de 2×0 para o Middlesbrough.

Manchester United 100: Como foi o centenário dos Red Devils?

Premier League

O United não conseguiu defender o título, acabando a Premier League do seu centenário na terceira colocação, dez pontos atrás do campeão Arsenal.

Os comandados de Alex Ferguson até emendaram uma sequência de quatorze partidas de invencibilidade com onze vitórias seguidas, mas perderam todos os confrontos contra Arsenal e Liverpool, o que foi decisivo para o campeonato.

Manchester United 100: Como foi o centenário dos Red Devils?

UEFA Champions League

A primeira fase de grupos foi complicada, pois o United pegou um Deportivo La Corunã de Djalminha, Mauro Silva, Pandiani e Tristán voando.

Apesar das duas derrotas para o Depor, os diabos vermelhos conseguiram se impor frente a Lillie e Olympiacos para seguir e se classificar em segundo na chave.

Na segunda fase de grupos, ao lado de Nantes, Boavista e Bayern de Munique, conseguiu fazer uma campanha melhor do que o gigante alemão, mesmo que as partidas entre os dois tenham sido empates.

Classificado em primeiro, a equipe de Manchester pegaria nada menos do que o Deportivo La Coruña nas quartas de final e foi aí que veio o troco.

Com uma pintura de fora da área de Beckham e outro de Nistelrooy, o United encaminhou bem a classificação na Espanha, para confirmar com um 3×2 em Old Trafford.

Vale lembrar que foi nessa partida de volta em Manchester onde David Beckham teve uma fratura de metatarso causada pelo argentino Aldo Duscher, que quase tirou o inglês da Copa de 2002.

Nas semifinais, assim como na temporada anterior, um alemão apareceu no caminho do United. Dessa vez, o Bayer Leverkusen acabou batendo o time de Manchester pelos gols fora, 2×2 no Old Trafford e 1×1 na Bay Arena.

Ruud van Nistelrooy foi o artilheiro da competição com dez gols.

E assim foi o ano de centenário do Manchester United.

Gostou do material?  Compartilhe com seus amigos.

Equipe FCA

Instagram: @FutebolComAmorbr

Twitter: @FutebolComAmor

Facebook: FutebolComAmor

www.futebolcomamor.com.br

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *