Capitais do futebol: Santiago – parte 1

Capitais do futebol: Santiago – parte 1

Nessa semana, o “Capitais do futebol” volta à América do Sul, mais precisamente, para o Chile e vamos falar sobre os times mais importantes da sua capital.

Santiago é a capital chilena e o maior centro urbano, cultural e administrativo do Chile, com uma população de mais de seis milhões de habitantes e fica localizada ao lado da Cordilheira dos Andes.

Capitais do futebol: Santiago parte 1
Sky Costanera: o prédio mais alto da América do Sul, com a Cordilheira dos Andes ao fundo.
Foto: Jazmim Jung

Uma curiosidade dos clubes que vamos apresentar nessa primeira parte é que são times fundados por imigrantes de diferentes países, inclusive os três primeiros da série fazem os “Clássicos das colônias”.

Capitais do futebol: Santiago – parte 1

Audax Italiano

Capitais do futebol: Santiago parte 1

Quando os italianos que moravam em Santiago fundaram o Audax, em 1910, inicialmente, a ideia era um clube voltado para o ciclismo, tanto que ele nasceu com o nome de Audax Club Ciclista Italiano.

As raízes com a Itália eram tão fortes que o primeiro escudo da agremiação era totalmente inspirado no brasão das armas da Casa de Savoia.

Capitais do futebol: Santiago parte 1
Primeiro escudo do Audax.

A partir de 1917, o clube começou as suas atividades no futebol e em 1932 entrou em cena o atual escudo, que conta com uma roda de bicicleta, remontando as suas origens e as cores da bandeira italiana. Em 2007, o time adotou o nome atual: Audax Italiano La Florida.

Capitais do futebol: Santiago parte 1
Modelo da camisa do Audax de 2020.
Foto: mantosdofutebol.com.b

Ao longo de sua história Los Itálicos, que mandam seus jogos no Estádio Bicentenário de La Florida, conquistaram títulos importantes em um passado distante: os campeonatos chilenos de 36, 46, 48 e 57.

Estádio Bicentenário de La Florida.
Foto: pt.besoccer.com

Capitais do futebol: Santiago – parte 1

Palestino

Palestino

Fundado por imigrantes palestinos em 1920, na comuna de La Cisterna, o Club Deportivo Palestino é muito mais do que um clube nascido com referências de outro país. Na verdade, a coisa é muito mais séria.

Conhecido como os Árabes, a equipe defende a causa Palestina, inclusive com atos de sua diretoria e torcedores sobre esse assunto, tanto que, apesar da distância geográfica, o clube tem muitos torcedores no país árabe.

Para se ter uma ideia, as partidas do “El Tino-Tino” são transmitidas pela Al Jazeera do Catar. Conhecido também como tricolor, o clube leva as cores da bandeira Palestina.

Em matéria de canecos, o Palestino já levantou por duas vezes o campeonato chileno: em 55 e o último em 78, com um time que contava com Dom Elías Figueroa.

Elías Figueroa com a camisa do Palestino.
Foto: AlAireLibre.cl

Na sala de troféus do clube, ainda há três Copas do Chile, competição na qual está entre os cinco maiores campeões. Os Árabes também foram tricampeões da Liguilla Pré-Libertadores, torneio para decidir o terceiro e quarto representantes chilenos no torneio continental.

Palestino levantando o tricampeonato da Copa do Chile em 2018.
Foto chile.as.com

Capitais do futebol: Santiago – parte 1

Unión Española

Unión Española

Imigrantes espanhóis fundaram o Centro Español de Instrucción y Recreación em 1897, que logo se dividiria em instituições exclusivas para suas modalidades.

Em 1909, nasceu o Club Ciclista Ibérico, voltado para o ciclismo e em 1918 surgiu o Club Ibérico Balompié, direcionado para o futebol. Isso durou até 1922, quando as duas agremiações se fundiram para dar vida ao Unión Deportiva Española.

O ano de 1934 trouxe nova fusão, agora com o Español de Instrucción y Recreación, chegando ao nome de Unión Española, presente até os dias atuais.

Los Rojos de Santa Laura mandam seus jogos no Estádio Santa Laura, localizado na comuna de Independência e levam em seu uniforme as cores vermelha e azul da seleção espanhola.

Estadio Santa Laura
Estádio Santa Laura.
Foto: Agência Imagen Virtual

Os Hispanos são uma das instituições mais vencedoras do país, já tendo levantando sete Campeonatos Chilenos, duas Copa do Chile, uma Supercopa Nacional e três Liguillas Pré-Libertadores.

Unión Española: campeão chileno de 2013.
Foto: Marcelo Hernández / Photosport

Na competição continental, inclusive, já chegou bem perto do título, mas bateu na trave em 1975, caindo para o Independiente da Argentina na final.

Parte 2 abaixo.

Gostou do material?  Compartilhe com seus amigos.

Equipe FCA

Instagram: @FutebolComAmorbr

Twitter: @FutebolComAmor

Facebook: FutebolComAmor

www.futebolcomamor.com.br

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *