Capitais do futebol: Tóquio

Capitais do futebol: Tóquio – E lá vamos nós com mais um texto da série sobre os times de capitais espalhados pelo mundo. Hoje vamos até Tóquio dar uma olhada nos times que representam a capital japonesa.

Tóquio tem mais de nove milhões de pessoas vivendo na sua parte central, enquanto a região metropolitana conta com 37 milhões de habitantes, isso é o maior aglomerado urbano do mundo.

Capitais do futebol: Tóquio

Dois clubes dividem as atenções na capital do Japão e nós vamos conhecer um pouco mais sobre eles.

Capitais do futebol: Tóquio

Tokyo Verdy

Capitais do futebol: Tóquio

O Tokyo Verdy 1969 Football Club é mais conhecido aqui no Brasil como Verdy Tokyo. A relação dos brasileiros com o clube nipônico é extensa, a começar pelo nome do clube que se inspirou na palavra em português “verde” para nomear a instituição.

Alguns jogadores de renome por aqui já envergaram a camisa dos verdes como: Edmundo, Hulk, Bismarck, Alcindo e Ruy Ramos. Esse último, inclusive, se naturalizou e defendeu a seleção japonesa.

Capitais do futebol: Tóquio
Edmundo, Bismarck, Hulk, Alcindo e Ruy Ramos.

Entre os japoneses, Kazuyoshi Miura, o Kazu, é o maior artilheiro da história do Verdy, com 106 gols. Há de se destacar também Kazuki Hiramoto e Tsuyoshi Kitazawa.

O "interminável" Kazu é o maior artilheiro da história do Verdy.Capitais do futebol: Tóquio
O “interminável” Kazu é o maior artilheiro da história do Verdy.

O clube foi fundado em 1969 e manda seus jogos no Ajinomoto Stadium, na cidade de Chofu, sob o nome de Yomiuri FC.

Capitais do futebol: Tóquio
Ajinomoto Stadium.

E caso você esteja desconfiado que já conhecia o Verdy de algum lugar, sim, você está certo, pois em um período da sua história a agremiação se mudou de cidade, adotando o nome de Verdy Kawasaki. Dependendo da sua idade, você provavelmente também conhece o time do jogo Perfect Striker J-league do Nintendo 64.

Capitais do futebol: Tóquio
Perfect Striker J-league do Nintendo 64.

Em matéria de conquistas, o time, que tem como mascote um condor, já conquistou sete vezes o campeonato japonês, além de ter erguido seis Copas da Liga e ser pentacampeão da Copa do Imperador.

Capitais do futebol: Tóquio
O Verdy Tokyo é um dos times mais vencedores do Japão.

No âmbito internacional, a maior glória da equipe veio na temporada 87/88, quando dominaram o continente, conquistando o Campeonato de clubes da Ásia, hoje conhecido como Liga dos Campeões da Ásia.

Capitais do futebol: Tóquio

FC Tokyo

Capitais do futebol: Tóquio

O Football Club Tokyo pode até não ter os mesmos números e relevância no país do que o Verdy, mas também se orgulha de uma história com conquistas e jogadores de renome ao longo da sua jornada.

Logo de cara, um fato em comum com o rival Verdy: um jogador brasileiro que se naturalizou japonês, estamos falando de Wagner Lopes.

Wagner Lopes jogou a Copa de 98 com o Japão.Capitais do futebol: Tóquio
Wagner Lopes jogou a Copa de 98 pelo Japão.

O maior artilheiro da história do FC Tokyo é brasileiro: Lucas Severino com 96 gols, que aqui no Brasil teve passagens por Cruzeiro, Corinthians e A. Paranaense. O atacante Amaral, ex-palmeiras, também é ídolo no clube.

Lucas Severino
Lucas Severino.

O costa riquenho Paulo Wanchope também defendeu a camisa vermelha e azul da equipe da capital.

Paulo Wanchope.
Paulo Wanchope.

Em 1935, o clube foi fundado como Tokyo Gas Football Club e, assim como a maioria dos clubes japoneses na época, era ligado a uma empresa, no caso, a Tokyo Gas que distribuía gás natural para a capital do país.

Em 1999, a equipe entrou em uma nova fase, quando várias empresas se juntaram para fundar o Tokyo Football Club Company e, desde então, o clube teve alguns feitos.

O primeiro título de peso veio em 2004 e com um gosto especial, ao levar a Copa da Liga Japonesa tendo batido na semifinal nada menos do que o rival Verdy Tokyo, com quatro gols de brasileiros, um do zagueiro Jean Carlo Witte, ex-Santos, e um hat-trick de Lucas Severino.

O bi da Copa da Liga viria cinco anos depois, com destaque para dois brasileiros: o zagueiro Bruno Quadros, ex-Flamengo, Botafogo e Cruzeiro e o atacante Cabore que, apesar de passar pelo Vitória, fez a sua carreira na Ásia e Oriente Médio. Ele foi, inclusive, um dos artilheiros da competição com cinco gols.

Yuto Nagatomo, aquele mesmo que jogou na Inter de Milão, também fazia parte dessa equipe.

Yuto Nagatomo com a camisa do FC Tokyo.
Yuto Nagatomo com a camisa do FC Tokyo.

Em 2010 veio o seu primeiro título internacional, a Copa Suruga Bank, que colocava frente a frente o campeão da Copa da Liga Japonesa e o Campeão da Copa Sul-Americana.

Melhor para os azul e vermelhos que bateram a LDU de Quito nos penaltys e levaram o caneco para o Ajinomoto Stadium (Sim, FC Tokyo e Verdy Tokyo dividem o estádio).

Em 2011 veio o troféu de maior renome da sua galeria: a Copa do Imperador, com Lucas Severino repetindo a dose e marcando gols decisivos como os dois na final frente ao Kyoto Sanga.

Essa matéria foi produzida em 20/08/2020 e é natural que se desatualize um pouco com o tempo.

Gostou do material?  Compartilhe com seus amigos.

Equipe FCA

Instagram: @FutebolComAmorbr

Twitter: @FutebolComAmor

Facebook: FutebolComAmor

www.futebolcomamor.com.br

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *