5 Estádios argentinos históricos

Todo clube brasileiro sabe que quando vai enfrentar um time argentino a coisa sempre ficará tensa e difícil, pois os hermanos sabem bem fazer valer o fator casa.

Por isso, hoje vamos falar de alguns estádios famosos do nosso país vizinho.

Estádios argentinos históricos

La Bombonera

Estádios argentinos históricos: La Bombonera

Vamos começar pelo mais famoso de todos, que tem uma aura azul e amarela do Boca Juniors.

Não foram poucas as vezes que Galvão Bueno disse nas transmissões de Libertadores que ” A Bombonera não treme, ela pulsa, no ritmo do coração do torcedor do Boca”.

E isso é bem verdade, pois o time Xeneize, praticamente, “joga com 12” quando está em seus domínios.

Fundado em 1940 com o nome oficial de Estádio Alberto José Armando, ex-presidente do Boca, o nome “La Bombonera” vem da forma retangular do estádio que lembra uma caixa de bomboms.

O motivo do formato foi o pouco espaço que o clube tinha para construir a sua casa e a solução encontrada pelo premiado arquiteto José Luiz Delpini foi de criar três anéis de arquibancadas, de modo que quem estiver no terceiro precisa olhar para baixo para assistir a peleja com claridade.

Estádios argentinos históricos

Monumental de Núñez

Estádios argentinos históricos: Monumental de Núñez

Além de ser a casa do gigante River Plate, o Monumental de Núñez também abriga os jogos da seleção da Argentina.

Seu nome oficial é Estádio Monumental Antonio Vespucio Liberti e, apesar do nome indicar que se localiza em Núñez, o colosso com capacidade para aproximadamente 70 mil pessoas, está no bairro de Belgrano, em Buenos Aires.

Localizado às margens do Rio da Prata, o Monumental de Núñez também já foi palco de uma final de Copa do Mundo, em 1978.

Estádios argentinos históricos

Estádio Libertadores de América

Estádios argentinos históricos:Estádio Libertadores de América

A casa do maior vencedor de Copa Libertadores da América não poderia ter escolhido um nome melhor.

O Club Atlético Independiente manda seus jogos lá desde 1928, ano da fundação do estádio, que foi o segundo da América Latina a ser construído com cimento.

Até 2007, o estádio era conhecido como Doble Visera, mas foi rebatizado após a sua demolição para a total remodelação que o clube implantou visando ter uma casa “padrão FIFA”. A arena, localizada em Avellaneda, foi aberta em 2009.

Estádios argentinos históricos

El Nuevo Gasómetro

Inaugurado em 1993, o Estádio Pedro Bidegain é popularmente conhecido como El Nuevo Gasómetro.

Com o nome oficial de um ex-presidente do Club Atlético San Lorenzo de Almagro, o campo de jogo se localiza no bairro de Flores, em Buenos Aires.

A arena tem capacidade para comportar cerca de 47 mil torcedores, desde a sua expansão, em 2007.

O nome popular se deu, pois o San Lorenzo tinha como casa um estádio chamado Gasómetro, então após a construção da nova casa, os torcedores começaram a chamá-la de El Nuevo Gasómetro.

Estádios argentinos históricos

El Cilindro

El Cilindro

Localizado na região metropolitana de Buenos Aires, é a casa do Racing Club de Avellaneda.

Inaugurado em 1950, tem o nome oficial de Estadio Presidente Perón, homenagem ao ex-presidente da Argentina que facilitou a compra do terreno para o clube alviceleste.

O estádio foi planejado por engenheiros alemães com experiência em reconstruir cidades destruídas pela Segunda Guerra. O nome popular de “El Cilindro’ vem do seu formato circular.

Gostou do material?  Compartilhe com seus amigos.

Equipe FCA

Instagram: @FutebolComAmorbr

Twitter: @FutebolComAmor

Facebook: FutebolComAmor

Canal no Youtube: FutebolcomAmorSite

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *