Seis grandes goleiros nórdicos

Seis grandes goleiros nórdicos – Defender é uma arte, por isso nós do Futebol com Amor também reverenciamos os goleiros. E hoje, vamos falar de grandes goleiros nórdicos da história do futebol.

Seis grandes goleiros nórdicos

Thomas Ravelli

6 Grandes goleiros nórdicos Thomas Ravelli

Um dos goleiros mais icônicos do futebol, principalmente pelas suas palhaçadas após fazer defesas, o que lhe rendeu o apelido de “príncipe dos palhaços”.

Ravelli foi decisivo para que a Suécia conseguisse chegar às semifinais da Euro de 92 e alcançasse o terceiro lugar na Copa do Mundo de 1994 nos Estados Unidos.

Por clubes, o arqueiro ganhou duas Allsvenskan (campeonato sueco) com o Östers e seis com o IFK Gotemburgo, além de duas Svenska Cupen (Copas da Suécia). Individualmente, foi eleito por duas vezes o goleiro sueco do ano.

Seis grandes goleiros nórdicos

Frode Grodås

6 Grandes goleiros nórdicos Frode Grodås

Frode Grodås conseguiu uma coisa que poucos sabem o que é: ele foi campeão com o Chelsea em uma época onde o clube londrino não nadava na grana como hoje.

Na final da FA Cup de 1997, contra um ótimo Middlesbrough capitaneado por Juninho Paulista, o norueguês foi importante para o título dos blues, principalmente ao defender um chute à queima roupa, evitando o empate do Boro.

O atleta ainda fez parte do grupo do Schalke 04, que conquistou duas Copas da Alemanha seguidas .

Com a seleção da Noruega foram 50 convocações, onde disputou a Copa de 98 na França, na qual sua seleção chegou às oitavas de final, batendo o Brasil na fase de grupos. Grodås foi eleito duas vezes o melhor goleiro do ano na Noruega.

Seis grandes goleiros nórdicos

Erik Thorstvedt

6 Grandes goleiros nórdicos Erik Thorstvedt

Erik Thorstved é considerado uma lenda do Tottenham Hotspur, pois levantou a taça da FA Cup de 1991 com o clube londrino, além de arrematar a Supercopa da Inglaterra no ano seguinte; Erik jogou sete anos nos Spurs, somando 218 partidas disputadas.

Com a seleção foram 97 convocações entre 1982 e 1995, disputando nesse período a Copa do Mundo de 1994 nos Estados Unidos. O arqueiro levou o prêmio de melhor jogador norueguês de 1990.

Seis grandes goleiros nórdicos

Lukáš Hrádecký

6 Grandes goleiros nórdicos Lukáš Hrádecký

Mesmo faltando uns anos para o final de sua carreira, Lukáš Hrádecký já pode ser considerado o melhor goleiro a defender a seleção da Finlândia na história, por mais que tenha nascido na Eslováquia.

O atleta, que é atualmente goleiro titular do Bayer Leverkusen, foi campeão da Copa da Alemanha da temporada 2017/2018 com o Eintracht Frankfurt.

Lukáš também levantou uma Copa da Dinamarca com o Esbjerg fB e foi peça decisiva para que a Finlândia chegasse à fase de grupos da Euro de 2020, que devido à pandemia de Covid-19, foi adiada para 2021.

Seis grandes goleiros nórdicos

Peter Schmeichel

Peter Schmeichel

Esse pode (e deve) ser considerado o melhor goleiro nórdico de todos os tempos, tanto pelas suas conquistas quanto pelas suas defesas espetaculares.

Schmeichel está no panteão de melhores goleiros não apenas da região, e sim do mundo. Ele foi decisivo na épica conquista da Eurocopa de 92 com a seleção dinamarquesa.

Por clubes então, a lista de troféus é extensa: no Manchester United, onde é uma lenda sagrada, conquistou a tríplice coroa de 99, arrematando Premier League, FA Cup e UEFA Champions League, no mesmo ano. Ao todo, foram nada menos do que quinze títulos pelos reds.

O atleta ainda levantou quatro campeonatos dinamarqueses e uma Copa da Dinamarca com o Brøndby e em Portugal faturou um campeonato português e uma Supercopa de Portugal com o Sporting. Seu último troféu foi o da extinta Copa Intertoto de 2001 com o Aston Villa.

Seis grandes goleiros nórdicos

Kasper Schmeichel

Kasper Schmeichel

Sim, o filho da lenda acima também merece estar nesse grupo seleto, por mais que não chegue nem perto dos feitos do pai. Kasper Schmeichel conseguiu ser peça chave de um dos maiores feitos da história do futebol.

O goleiro foi fundamental com suas atuações para que o Leicester City conquistasse o mítico, lendário, histórico e apoteótico título da Premier League de 2016. Pela seleção, Kasper fez o que pode para a Dinamarca chegar às oitavas de final da Copa de 2018.

O jogador fez uma ótima primeira fase quebrando o recorde de minutos sem tomar gol que pertencia ao pai, além disso defendeu dois penaltys da decisão frente à Croácia, que infelizmente para ele, não foi o suficiente para seu país passar de fase.

Gostou do material?  Compartilhe com seus amigos.

Equipe FCA

Instagram: @FutebolComAmorbr

Twitter: @FutebolComAmor

Facebook: FutebolComAmor

Canal no Youtube: FutebolcomAmorSite

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *