Passagens pouco lembradas de brasileiros na Europa 2

Passagens pouco lembradas de brasileiros na Europa 2- Vamos para a segunda parte desse apanhado que lembra de atletas que tiveram suas passagens pelo futebol do velho continente pouco recordadas por aqui.

Se você não viu a parte 1 clique aqui.

Passagens pouco lembradas de brasileiros na Europa 2

Marcelinho Carioca – Valencia e Ajaccio

Passagens pouco lembradas de brasileiros na Europa 2

Mesmo tendo jogado por vários clubes, Marcelinho Carioca sempre foi, e será, identificado com a camisa do Corinthians, onde viveu os melhores momentos de sua carreira, porém poucos recordam que ele jogou em uma grande liga europeia.

Em 97, depois de grandes atuações e títulos do campeonato paulista e Copa do Brasil, o pé de anjo foi vendido ao Valencia por 17 milhões de dólares, onde jogou apenas 11 jogos, sendo na maioria do tempo reserva.

Pelo menos ele colocou no currículo o título da Copa Intertoto de 98. Em 2004 veio a segunda passagem no velho continente, dessa vez por um time bem mais modesto, o Ajaccio, da França, onde jogou menos do que a primeira passagem pela Espanha. Escassos 10 jogos

Passagens pouco lembradas de brasileiros na Europa 2

Edílson – Benfica

Passagens pouco lembradas de brasileiros na Europa 2

O capetinha foi campeão por Corinthinas, Palmeiras, Flamengo, Vitória e Cruzeiro, além de ter sido pentacampeão do mundo com o Brasil no Japão, em 2002.

O rápido e habilidoso atacante teve a sua oportunidade no velho continente quando foi emprestado ao Benfica, em 94. Apesar de boas atuações e de cair nas graças da torcida encarnada, Edílson não recebia muitas oportunidades do técnico Artur Jorge.

O pitoresco é que os benfiquistas chegaram a fazer uma campanha para arrecadar dinheiro para contratar o brasileiro em definitivo, infelizmente, para eles, sem sucesso e após 31 jogos e 17 gols o jogador retornou para o Brasil.

Passagens pouco lembradas de brasileiros na Europa 2

Mauro Galvão – FC Lugano

Passagens pouco lembradas de brasileiros na Europa 2

Um dos melhores zagueiros brasileiros de sua geração, Mauro Galvão se notabilizou por ser um defensor com técnica apurada e por fazer poucas faltas.

Foi ídolo no Vasco que abocanhou tudo no final dos anos 90, além de ter levantado troféus de expressão nos dois rivais gaúchos, Grêmio e Internacional. Agora é difícil achar alguém que saiba que o brasileiro jogou 6 anos no FC Lugano. Foram 172 jogos, 18 gols e um troféu da Copa da Suíça, em 1993.

Passagens pouco lembradas de brasileiros na Europa 2

Luizão – Deportivo La Coruña e Hertha Berlin

Luizão

Luizão ganhou notoriedade por títulos de expressão em clubes importantes, como Vasco da Gama, Flamengo, Corinthians e São Paulo. O ponto alto de sua carreira foram os gols decisivos que classificaram o Brasil nas eliminatórias para a Copa de 2002 e o pentacampeonato do torneio na sequência.

O atacante brigador teve duas passagens pelo futebol europeu: a primeira foi no Deportivo La Coruña, onde chegou para a temporada 97-98 e, diferente de muitos brasileiros que brilharam por lá, o atleta atuou por apenas 13 jogos marcando 4 gols e retornando ao Brasil poucos meses depois de ter assinado com o clube espanhol.

Na outra aventura na Europa, Luizão chegou recém campeão do mundo com a seleção brasileira, com status de salvador da pátria do Hertha Berlin, em 2002. Mesmo jogando mais, a performance foi longe da esperada e 26 jogos, com apenas 4 gols depois, o brasileiro teve seu contrato rescindido pelo time alemão.

Passagens pouco lembradas de brasileiros na Europa 2

Donizete Pantera – Benfica

De todas as passagens pouco lembradas, essa é uma que realmente é difícil de recordar. Donizete, vulgo Pantera, foi ídolo no Vasco da Gama e Botafogo ficando famoso por imitar o animal que leva a alcunha toda vez que marcava seus gols. 

É custoso acreditar que ele chegou a jogar no Benfica, aos 28 anos, ostentando uma bela cabeleira. O atacante integrou a equipe lisboeta por apenas 6 meses, em 96, marcando 9 gols em 22 partidas. 

Gostou do material?  Compartilhe com seus amigos.

Equipe FCA

Instagram: @FutebolComAmorbr

Twitter: @FutebolComAmor

Facebook: FutebolComAmor

Canal no Youtube: FutebolcomAmorSite

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *