Albion FC: O clube histórico da América Latina

Albion FC: O clube histórico da América Latina Nacional e Penãrol dominam o futebol no Uruguai não é de hoje. O que faz com que achemos que só eles tenham relevância para os nossos vizinhos do sul.

Esportivamente, sim, eles são os melhores e mais importantes, agora, em perspectiva histórica eles não estão sozinhos. Além disso, nenhum dos dois tem o título de clube mais antigo do Uruguai.

Se você é um bom conhecedor de futebol poderia até chutar dizendo Danubio ou Defensor e mesmo assim iria errar, pois o primeiro clube de futebol do Uruguai e um dos mais antigos da America Latina que se dedicou exclusivamente ao futebol foi o Albion Football Club, que existe até hoje.

E para contar melhor essa história, o FCA bateu um papo com Juan Alvarez, diretor do clube, que é um dos responsáveis pelo retorno dessa entidade mítica.

FCA – Olá Juan, desde quando você está no clube e quais são as suas funções?

Juan – “Minha história e amor pelo Albion começou ao final de 2013 com o meu amigo Leonardo Blanco”( atual presidente, ex jogador e treinador do clube)

Nos encontramos e ele começou a me contar sobre o projeto que tinha em mente com o Albion Football Club. Foi incrível porque tudo o que ele estava me contando era exatamente o que eu pensava com a minha maneira de ver um clube modelo no Uruguai.

Juan completou dando mais detalhes sobre sua trajetória e falou sobre a inspiração no futebol francês.

Juan – “Eu nasci na França e joguei quase sempre lá até vir para o Uruguai, em 2003. Leonardo também jogou na França, então sabíamos bem o futebol francês a nível desportivo, institucional e infraestrutura..”

“Minhas funções no início era ajudar o Leonardo e acompanhá-lo neste projeto. Fazíamos de tudo no clube, de levar água para as partidas e treinamento a ser gandula nas categorias de base até coordenar milhares de coisas. Não tinham tarefas definidas porque tinha que fazer de tudo para que não faltasse nada”.

“Atualmente, Leonardo é o presidente do clube e está muito focado em que tudo funcione bem e gerenciando toda a área esportiva, trabalhando com os coordenadores gerais. Gabriel Corral (Equipe Profissional), Julio de Armas (Categorias de base) e Victor Pellejero (Feminino).

“Eu me encarrego de tudo que são relações institucionais do clube e esse ano fui eleito presidente da Albion Football Club Asociasion Civil”.

FCA – Aqui no Brasil, muitos só conhecem Peñarol, Nacional e a seleção uruguaia. Você poderia nos fala sobre a importância do Albion na história do futebol do Uruguai?

Juan – “A história do Albion é muito rica. O clube foi fundado em 1º de junho de 1891, sendo a equipe pioneira no Uruguai em dedicar-se apenas ao futebol.. Em fevereiro de 1900, por ideia do nosso fundadoro Sr. Henry Candid Lichtemberger, o Albion foi o co-fundador da Uruguay Association Foot-ball League (atual AUF – Asociación Uruguaya de Fútbol).

Albion FC, no ano de 1896.

“Em 1901, disputou um jogo contra um combinado da Liga Argentina, que é considerado por alguns historiadores como a primeira partida oficial da seleção uruguaia. O Albion tem um papel muito importante no esporte uruguaio não apenas como fundador da AUF”.

O time que Juan se refere, no que foi considerado o primeiro jogo oficial de uma seleção uruguaia de futebol.
Cartaz do lançamento da primeira associação de futebol no Uruguai com os 4 times que a fundaram.

“Foi fundador da liga universitária, também da liga de beisebol e teve um papel muito importante no atletismo. Tivemos um atleta olímpico Don Sr Albertino Etchechury, que participou das olimpíadas de 1968 no México.”

Albertino Etchechury recebendo uma camisa do Albion FC do presidente Leonardo Blanco.

Porém, não é apenas de passado que vive o Albion Football Club. Juan detalhou como vem sendo a reconstrução do clube.

Juan – “Voltando para a atualidade, de 2013 a 2017 foi onde aconteceu o fortalecimento do projeto com a ideia de levar o Albion ao profissionalismo. É um projeto sério, profissional e com ideias bem claras.”

“Em 2017 foi quando ganhamos o torneio Apertura da segunda divisão B (Equivalente à terceira divisão nacional) e ao final de 2017 jogamos a final para o acesso no estádio centenário contra o Colon FC, que ganhamos de 2 a 1. Desde 2018 jogamos a segunda divisão profissional da AUF. 2020 é nosso terceiro ano, mas o campeonato não começou devido à pandemia que está se vivendo a nível mundial”

Leonardo Blanco e Juan Alvarez com o troféu de campeão da 3ª divisão nacional.

FCA- Quais são as perspectivas do Albion FC para o futuro?

Juan – “O Albion segue com o mesmo pensamento e projeto muito definidos. Queremos ser um clube modelo no Uruguai e na América do sul, parecido como são os centros de formação na França. O clube deve em médio/longo prazo poder ter o seu próprio centro de formação. A nível profissional, ser uma equipe forte e subir para a primeira divisão que é o lugar que um clube como o Albion merece. O Albion tem que ser a equipe número 3 do Uruguai.”

FCA – Aqui no Brasil vivemos uma supremacia de Flamengo e Palmeiras. No Uruguai, Peñarol e Nacional dominam há muito tempo. Como os clubes menores podem chegar perto desses gigantes?

Juan – “Não é fácil estar ao nível das equipes grandes, mas o Albion está no caminho para isso. Se alguns puderam, outros deveriam chegar a esse nível também. Todo projeto sério, profissional e com metas muito claras é o caminho do êxito. Temos que seguir o que estamos fazendo passo a passo e cumprir nossos objetivos.”

FCA – Qual é o maior ídolo do Albion FC?

Juan – “O Albion tem duas pessoas realmente importantes que são Henry Candid Lichtenberger e Leslie Pool que são os grandes artífices do Albion Football Club e da criação da AUF. Também tivemos jogadores que passaram pelo Albion, como por exemplo Gustavo Munúa que jogou no Nacional, Seleção Uruguaia e Europa”.

Leslie Pool e Lichtenberger.
Gustavo Munúa, que chegou a disputar a Copa de 2002, foi jogador do Albion quando era Juvenil.

FCA – É comum haver pessoas que torcem para o Albion FC e também para um clube gigante como Peñarol e Nacional?

Juan – “Sim, é muito comum. Desde 2013, começamos a ter torcedores. Começamos com muito poucos, uns 10 até ter 300 em uma mesma partida. Um que nos acompanha sempre desde 2013 é Deivy Morilla. Nosso torcedor número 1. O que ele sente pelo Albion é muito especial. Muitos são familiares e amigos dos jogadores que acabaram virando torcedores do clube. Passam os anos e mais pessoas vão chegando. Nos surpreende muito receber mensagens de fora do país de pessoas que seguem o Albion por meio das redes sociais. Muitos são torcedores de Nacional e Peñarol, mas quando vão assistir os jogos são muito torcedores do Albion. Há um sentimento de pertencimento e vão com as camisas ou flâmulas do Albion”.

FCA – E como o Albion FC trabalha para conseguir novos torcedores?

Juan – “Esse ano estamos profissionalizando todas as áreas do clube. Por meio do nosso gerente de comunicação Fernando Ortiz estamos trabalhando por meio das redes sociais e em um projeto de sócio-torcedor para poder atrair mais torcedores”.

FCA – Tem alguma coisa que não perguntamos que você acha importante ser citado?

Juan – “Desde 2018, Albion football Club foi a primeira equipe Latino Americana a ser parte do exclusivo Club Of Pioneers, que foi criado pela fundação do Sheffield FC, equipe mais antiga do mundo oficialmente designada pela FIFA. Eles pesquisam com historiadores, federações e associações e juntam os pioneiros de cada país a esse grupo. Nós somos os embaixadores da America Latina”.

Leonardo Blanco e Juan Alvarez recebendo o certificado de entrada no Clube dos Pioneiros.

“Também destacamos que querendo ser um exemplo a nível de categoria de base, o Albion tem um jogador desse projeto na seleção de base uruguaia, o goleiro Mathias Bernatene, que agora defende as cores do Nacional e também temos emprestado para o Nacional outro jogador formado no clube, Felipe Cairus”.

Mathias Bernatene.

“Desde 2018, jogamos partidas amistosas e torneios internacionais. No Brasil, fomos convidados pelo Grêmio para passar 3 dias no CT Helio Dourado com o nosso sub-19 para jogar contra vários times de base do Grêmio e, pela primeira vez, jogamos a Copa Santiago, alguns meses atrás. Também temos uma boa relação com o Alcorcón da Espanha, onde levamos um garoto de nossas categorias de base para passar 15 dias.”

Dirigentes do Albion FC Leonardo Blanco e Juan Alvarez com os do Grêmio, Francesco Barletta e Wagner Gonçalves

Gostaríamos de agradecer ao amigo Juan Alvarez por aceitar nosso convite de forma tão enriquecedora e pela gentileza de ceder as imagens do acervo do Albion FC.

Gostou do material?  Compartilhe com seus amigos.

Equipe FCA

Instagram: @FutebolComAmorbr

Twitter: @FutebolComAmor

Facebook: FutebolComAmor

Canal no Youtube: FutebolcomAmorSite

One Comment

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *