Países pequenos promovidos pelo futebol – Parte 1

Países pequenos promovidos pelo futebolNem sempre qualidade e quantidade andam juntos, ainda mais em um dos esportes mais imprevisíveis como é o caso do futebol.

Há nações ao redor do globo que, mesmo com uma extensão territorial ou população pequena, conseguem figurar na vitrine da bola, seja com seleções, clubes ou produzindo jogadores que fazem sucesso em ligas de destaque. Em alguns casos chegaram até a levantar taças e são extremamente respeitadas, como veremos nas linhas a seguir.


Países pequenos promovidos pelo futebol – Parte 1

Países pequenos promovidos pelo futebol: Trindade e Tobago

Países pequenos promovidos pelo futebol: localização no mapa de Trinidade e Tobago

A pequena ilha localizada no Caribe conseguiu produzir uma façanha sendo um país tão pequeno. Sua equipe conseguiu disputar nada menos do que uma Copa do Mundo, em 2006, na Alemanha. 

Ex-colônia britânica, caiu justamente em um grupo com a Inglaterra, Suécia e Paraguai. Óbvio que só do estar no torneio já era uma honra. E mesmo sendo eliminado na primeira fase, os Soca Warriors conseguiram arrancar empate com os suecos, mesmo com um jogador expulso no primeiro tempo.

Ps: Essa Suécia tinha Zlatan Ibrahimovic, Henrik Larsson e Freddie Ljungberg. Isso foi um feito!

Dwight Yorke sendo perseguido por Gerrard, na Copa de 2006
Dwight Yorke sendo perseguido por Gerrard, na Copa de 2006

É óbvio que ninguém joga sozinho, mas que grande parte desse feito foi devido a Dwight Yorke não há nenhuma dúvida. De longe, o melhor jogador trinitário da história, o atacante brilhou com a camisa do Manchester United, ganhando a tríplice coroa com os Red Devils, em 99, marcando gol de tudo que era jeito. Até hoje, Yorke é um dos maiores artilheiro não europeus da história do campeonato inglês.

Países pequenos promovidos pelo futebol: Islândia

Países pequenos promovidos pelo futebol - Localização da Islândia no mapa.

Havia um papo, durante a copa de 2018 que o país estava vazio, pois a quantidade de torcedores nos estádios eram todos os seus habitantes. Piadas à parte, a Islândia é o menor país em termos de população, a já ter disputado uma copa do mundo.

E se tivesse feito só isso já seria uma conquista formidável, mas eles foram além. Dois anos antes, os Strákarnir okkar se classificaram para a Eurocopa de 2016 e quebraram todas as casas de aposta, ficando à frente de Portugal, na primeira, e eliminando a Inglaterra, nas oitavas de final.

Islandeses fazendo o "uh!", comemoração junto à torcida nos finais de jogos.
Islandeses fazendo o “uh!”, comemoração junto à torcida nos finais de jogos.

O melhor jogador da história da ilha nórdica foi Eidur Gudjohnsen, que teve sua melhor fase jogando por Chelsea e Barcelona. O artilheiro ainda levantou troféus importantes como o da Champions League, com o Barça, e do campeonato inglês, com os blues.

Foto de Gudjohnsen com o troféu da Champions que ganhou pelo Barcelona.
Gudjohnsen campeão da Champions pelo Barcelona.


Países pequenos promovidos pelo futebol: Chipre

Países pequenos promovidos pelo futebol -localização do Chipre no mapa.

A pequena ilha localizada no mar mediterrâneo viu uma equipe sua fazer um verdadeiro barulho na temporada de 11/12. Melhor dizendo, foi um verdadeiro estrondo. A equipe do APOEL, da capital Nicósia, chegou para a Champions League naquele ano como em qualquer outro, tentando apenas não fazer feio.

O grupo G no qual caiu, ainda contava com Porto, Zenit São Petersburgo e Shakhtar Donetsk. A chance de terminar em último era bem plausível, só que contrariando qualquer prognóstico, o time terminou em primeiro no grupo, terminando invicto nos jogos fora.

Podia parar por aí que já era história, mas os Τhrylos  ainda foram mais longe ao bater o Lyon, nas oitavas, nos penaltys para cair somente nas quartas para o Real Madrid.

Jogadores do APOEL comemorando o feito histórico na Champions.
Jogadores do APOEL comemorando o feito histórico na Champions.

Países pequenos promovidos pelo futebol: Irlanda do Norte

Países pequenos promovidos pelo futebol- Localização da Irlanda do Norte no mapa.

O pequeno país que, apesar de fazer parte do Reino Unido, é independente no futebol profissional, já produziu seleções e jogadores de destaque no cenário do esporte.

Os norte irlandeses participaram de três copas do mundo, sendo a sua melhor campanha na Suécia, em 1958, onde chegou às quartas de final. Já em Eurocopas, conseguiu a sua primeira participação na França, em 2016, onde se classificou em um grupo que contava ainda com Alemanha, Polônia e Ucrânia, saindo nas oitavas para o rival britânico, País de Gales.

Foto do time norte-irlandês da Copa de 58.
O time norte-irlandês da Copa de 58.

Como o próprio nome já indica, George Best foi não só o melhor jogador da história do país como uma das lendas do futebol. Ponta rápido e driblador, além de ter sido campeão da Copa dos Campeões com o Manchester United, até hoje ocupa a quinta colocação na ista de maiores artilheiro do clube.

Devido a sua aparência de playboy e estilo de vida foi um dos primeiros “jogadores celebridades” do futebol. E, é claro, é proibido falar de George “Beatle” Best sem mencionar a sua frase antagônica respondendo quando questionado sobre o seu estilo de vida boêmio. 

“Eu gastei muito dinheiro com mulheres e carros, o resto eu desperdicei”. (Best, George)

George Best com a camisa do United.
George Best com a camisa do United.

Países pequenos promovidos pelo futebol: Bélgica

Países pequenos promovidos pelo futebol - Localização da Bélgica no mapa.

A Bélgica tem uma tradição futebolística tão forte, seja ela pela sua seleção ou pelos jogadores que produzem, que muitos não se atentam que se trata de um país menor do que o estado do Rio de Janeiro.

Os belgas disputaram 13 copas do mundo, passando da primeira fase em seis ocasiões. Seus melhores resultados foram um quarto lugar, em 86, no México, batendo União Soviética e Espanha, e um terceiro lugar em 2018, deixando Brasil pelo caminho nas quartas de final.

Jean-Marie Pfaff durante a copa de 86.
Jean-Marie Pfaff durante a copa de 86.

Ao longo da sua história a nação contou com jogadores que tiveram uma carreira internacional de sucesso, como os goleiros  Jean-Marie Pfaff e Michel Preud’homme, eleitos melhores goleiros das copas do mundo que disputaram, em 86 e 94 respectivamente.

Citamos ainda Enzo Scifo, Marc Wilmots (este teve um gol legítimo anulado contra o Brasil, em 2002, que poderia ter adiado o penta) e mais recentemente, Eden Hazard, Kevin de Bruyne, Vicent Kompany, Fellaini, Thibaut Courtois e Lukaku podendo ainda citar outros 10, no mínimo.

Foto da seleção belga na copa de 2018.
A incrível geração belga da Copa de 18.

Países pequenos promovidos pelo futebol: Kosovo

Países pequenos promovidos pelo futebol - Localização do Kosovo no mapa.

O país balcânico foi assolado por uma guerra no final dos anos 90, que levou muitas pessoas a emigrarem para diferentes países da Europa. Anos depois, jogadores com sangue kosovar brilharam por diferentes clubes do futebol europeu e também por diferentes seleções, já que o Kosovo só se estabeleceu como nação em 2008 e a seleção nacional só foi aceita pela UEFA em 2016. Os mais famosos são Xherdan Shaqiri e Granit Xhaka que jogam pela Suíça, e Adnan Januzaj que defende as cores da Bélgica.

Foto de Januzaj, Shaqiri e Xhaka.
Januzaj, Shaqiri e Xhaka poderiam jogar pelo Kosovo.


Países pequenos promovidos pelo futebol: País de Gales 

Localização de País de Gales no mapa.

A nação britânica, que tem independência no futebol, é menor do que o estado de Sergipe, mas isso não impede que bons jogadores e seleções venham de lá. Em copas do mundo, sua única participação foi em 1958, na Suécia, chegando às quartas de final.

Em Eurocopas sua melhor participação foi em 2016, quando fez uma impressionante campanha, ficando à frente da Inglaterra na fase de grupos e ascendendo às seminais após bater Irlanda do Norte nas oitavas e a badalada Bélgica nas quartas.

Sem dúvida, seus jogadores mais conhecidos foram Ryan Giggs, jogador lendário do Manchester United e Gareth Bale, que foi quatro vezes campeão da Champions League, com o Real Madrid.

Foto de Giggs e Bale.
Ryan Giggs e Gareth Bale

Países pequenos promovidos pelo futebol: Armênia

Localização da Armênia no mapa.

A menor república da ex-União Soviética é um país sem costa marítima encravado entre Turquia, Georgia e Azerbaijão. Esse último citado foi uma das partes na polêmica envolvendo o melhor jogador da história da Armênia, Henrikh Mkhitaryan, ótimo meia que jogou por Borussia Dortmund, Manchester United, Arsenal e em tempos recentes, na Roma. Basicamente, devido aos conflitos políticos entre azeris e armênios, Micki preferiu não jogar a final da Liga Europa, que seria disputada em Baku, entre Chelsea e Arsenal.

Foto de Mkhitaryan com a camisa da Roma.
Mkhitaryan com a camisa da Roma.

Países pequenos promovidos pelo futebol: Países Baixos (Holanda)

Países pequenos promovidos pelo futebol - localização da Holanda no mapa.

É até sacanagem resumir toda a história da Holanda em poucas linhas devido a tudo que ela representa no futebol. Ela merecia um post só para ela. A Laranja mecânica de 74 foi um time que revolucionou e moldou as bases do futebol moderno.

Foto de Johan Cruyff durante a copa de 74.
Johan Cruyff durante a copa de 74.

 O time de Rinus Michels que tinha como sua principal estrela Johan Cruyff, apresentou uma nova forma de se ver o jogo. Em matéria de resultados, a Oranje conseguiu feitos que muitos países gigantes, com tradição no esporte não chegaram nem perto. Foram três finais de copa do mundo, um 3º  e 4º lugares.

Em Eurocopas conseguiu ser campeã em 1988 com o trio do Milan, van Basten, Gullit e Rijkaard brilhando. Em matéria de clubes também tem uma jornada épica.

Foto de Gullit levantando o troféu da Eurocopa de 88.
Gullit levantando o troféu da Eurocopa de 88.

Em um espaço de 4 anos todos os campeões da Copa dos campeões, hoje UEFA Champions League foram holandeses. Ao todo são 6 títulos, sendo 4 do Ajax enquanto Feyenoord e PSV ganharam um cada. Lembrando que a Holanda cabe 5 vezes dentro do estado de São Paulo.

Foto de times holandeses que foram campões da Copa dos Campeões/ UEFA Champions League..
Ajax, PSV e Feyenoord: times holandeses que já ganharam a Copa dos Campeões/ UEFA Champions League.

Países pequenos promovidos pelo futebol: Dinamarca

Países pequenos promovidos pelo futebol - localização da Dinamarca no mapa.

Michael Laudrp, Allan Simonsen, Brian Laudrup, Elkjær Larsen, Peter Schmeichel, Henning Jensen,  Jon Dahl Tomasson, Christian Eriksen… O que não falta para o pequeno país escandinavo são jogadores de primeira grandeza no futebol.

E isso só poderia resultar em ótimas seleções que impressionaram ao longo do tempo. A da copa de 86, no México, é um exemplo disso, quando abateu dois campeões do mundo na primeira fase, Alemanha Ocidental  e Uruguai. 

Não podendo deixar de citar a verdadeira sapatada que a Dinamarca deu na celeste, 6×1 fora o baile. Esse time ficou conhecido como a “Dinamáquina”Vale lembrar que dois anos antes os dinamarqueses já haviam chegado às semifinais da Eurocopa da França.

Foto de Michael Laudrp defendendo o Barcelona.
Michael Laudrp defendendo o Barça.  Foi um dos melhores jogadores se sua geração.

Em 92, veio a maior glória do futebol não só do país nórdico como de toda a Escandinávia, o título da Eurocopa. E ela veio de forma curiosa: faltando 13 dias para começar o torneio é que os dinamarqueses ficaram sabendo que iriam disputá-lo.

O país não tinha conseguido se classificar, mas a então Iugoslávia, que estava passando por uma guerra sangrenta, recebeu sanções da ONU devido aos crimes contra a humanidade.

E uma delas orientava que todas as equipes esportivas do país fossem excluídas de competições internacionais. A UEFA não quis se comprometer e excluiu os balcânicos do campeonato, classificando a Dinamarca.

Países pequenos promovidos pelo futebol. Dinamarca levantando o trófeu da Eurocopa de 92.
Euro de 92, a maior glória do futebol dinamarquês.

Em 95, veio o troféu da Copa Fahd, que foi o embrião da Copa das Confederações, atualmente extinta. No ano de 98 chegou às quartas da copa da França caindo de pé frente ao Brasil de Ronaldo e Rivaldo, um 3×2 que foi considerado um dos melhores jogos daquela copa.

Dinamarca campeão da Copa Fahd em 98 e Laudrup sendo marcado por Ronaldo, no histórico jogo da Copa de 98.
Dinamarca campeão da Copa Fahd em 95 e Michael Laudrup, sendo marcado por Ronaldo, no histórico jogo da Copa de 98.

Gostou do material?  Compartilhe com seus amigos.

Equipe FCA

Instagram: @FutebolComAmorbr

Twitter: @FutebolComAmor

Facebook: FutebolComAmor

Canal no Youtube: FutebolcomAmorSite

One Comment

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *